Stroopwafel: o waffle holandês

stroopwafel holandes

Leve, adocicado na medida certa e com um toque suave de canela. O stroopwafel começou a aparecer em supermercados e empórios gourmets no Brasil, há pouco tempo. Mas esse delicado waffle é produzido, há pelo menos dois séculos, na Holanda.

Ao contrário do waffle belga, feito com massa grossa, o stroopwafel possui duas camadas bem fininhas, unidas por um recheio de calda de caramelo aromatizada com canela. É consumido, geralmente, quente, logo após ser feito de forma artesanal nas feiras semanais das cidades holandesas.

Existem também diversas marcas industrializadas e para “imitar” o sabor e textura do stroopwafel das feiras, os holandeses têm a tradição de colocá-lo sobre uma xícara de bebida quente (chá ou café). Em menos de dois minutos, o vapor aquece a bolacha e derrete o recheio (foto abaixo).

Stroopwafel “brasileiro”

Apesar de a maioria dos stroopwafels encontrados no país serem importados, já existem os produzidos por aqui. Uma das principais marcas nacionais é a Moinho Wafers, localizada em Ivoti, no Rio Grande do Sul.

stroopwafels-xícaraTudo começou quando o holandês Willem Vos se mudou para o Brasil, na década de 90. Sempre que viaja para seu país, trazia stroopwafels para amigos e parentes da esposa brasileira. Ao perceber o grande sucesso dos waffles holandeses no Brasil, ele e a mulher resolveram fabricá-los. “Começamos com um produção muito pequena, no porão de casa, em 2009. Fazíamos apenas dois ou três pacotes por dia, que presenteávamos amigos ou vendíamos para colegas de trabalho e conhecidos”, conta.

Mas o aumento da demanda foi tanto, que ele teve que largar o emprego na indústria química, para se dedicar exclusivamente à produção de stroopwafels. Em 2013, a notícia da fábrica de stroopwafels “brasileiros” chegou na Holanda e interessou o atual sócio Mels Kraan. “Não nos conhecíamos antes. Depois de algumas conversas fechamos um acordo e Mels veio morar com a família, no Brasil”.

História e curiosidades

O stroopwafel teria surgido no início do século 19, na cidade de Gouda, famosa também pela produção do queijo típico que leva seu nome. Alguns historiadores atribuem sua criação ao padeiro Gerard Kamphuisen. A receita teria surgido entre 1810, quando Kamphuisen abriu sua padaria, e 1840, quando é datada a mais antiga receita de stroopwafel conhecida.

Na segunda metade do século 19, já havia mais de 100 padeiros (“bakkers”, em holandês) que produziam esses finos waffles de caramelo, somente em Gouda, que permaneceu como o único local de produção até 1870. Cada bakker possui sua receita tradicional que é transmitida de geração em geração.

5 Comentários

  1. Como faço para compra-los aqui no Brasil? Vcs enviam pelo Correio? Obrigada

  2. gostaria de receber a receita do stroopwafel ( sável holandês)

    atenciosamente,
    Martha

  3. Como faço para comprar stroopwafer

  4. COMPRE STROOPWAFEL sem sair de casa na Alimentos Shop:

    http://www.alimentoshop.com.br

  5. Happy Waffles têm um recheio delicioso de caramelo e canela. Os waffles foram inventados na cidade de Gouda, Holanda, quase 200 anos atrás. Desde então, eles estão encontrando seu caminho no mundo inteiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*