Principais tipos de açúcar

tipos de açúcar

Apesar de o açúcar cristal e o mascavo serem os mais conhecidos, entre eles há uma variedade enorme de outros tipos de açúcar. O principal aspecto que diferencia um do outro é o processo de refinamento. Quanto mais brancos e finos os grãos, mais o produto foi exposto a agentes químicos.

Esse processo começa quando a cana-de-açúcar é prensada. O caldo extraído segue para cozimento e, à medida que ocorre a evaporação, surgem os primeiros cristais. O açúcar obtido é o mascavo, com cor amarronzada e sabor forte. Ele, então, recebe tratamentos químicos para melhorar seu gosto e aspecto. O processo de refinamento além de melhorar sua aparência retira, praticamente, todos os nutrientes.

A beterraba também é outra fonte de açúcar, mas o processo de extração é diferente. O açúcar de beterraba é mais popular na Europa, onde não existe produção de cana-de-açúcar. Ambos são considerados sacarose, mas há ainda outros dois tipos de açúcar:  a frutose, encontrada nas frutas e no milho, e a lactose, do leite.

Tipos de açúcar e suas finalidades

  • Açúcar de confeiteiro

Também é conhecido como glaçúcar, é o mais fino de todos. Depois de refinado, ele recebe uma pequena quantidade de amido de arroz, milho ou fosfato que evita que os grãos fiquem grudados. Os cristais fininhos e soltos parecem farinha e são usados, exclusivamente, para decorar biscoitos, bolos e tortas.

  • Açúcar refinado

Assim como o açúcar de confeiteiro possui grãos muito finos, porém não recebe amido em sua composição. É extremamente fácil de ser diluído, por isso é o mais utilizado como ingrediente de sobremesas. Durante seu refinamento, ele recebe aditivos químicos, que deixam o produto com aparência clara e uniforme, porém sem nenhum nutriente.

  • Açúcar cristal

Tipo mais comum nos lares brasileiros, possui grãos maiores e mais transparentes que o açúcar refinado, que o tornam mais difícil de ser dissolvido. O processo de refinado do açúcar cristal retira cerca de 90% dos sais minerais.

  • Açúcar mascavo

Açúcar mais escuro de todos, possui cristais mais úmidos e sabor forte que lembra a rapadura. Nutricionalmente é o melhor de todos. Como não passou por um processo químico de refinamento, ele conserva todos os nutrientes, como ferro e cálcio.

  • Açúcar demerara

Trata-se de um “meio termo” entre o açúcar cristal e o mascavo. Ele passa por um processo de refinamento leve, durante o qual não recebe nenhum aditivo químico. Seus grãos marrom-claros têm valores nutricionais altos, parecidos com os do açúcar mascavo.

  • Açúcar orgânico

Muito parecido com o demerara. Mas além de não receber aditivos químicos durante o refinamento, o açúcar orgânico não recebe nenhum tipo de agrotóxico durante o plantio da cana-de-açúcar.

  • Açúcar light

Combinação do açúcar refinado com adoçantes artificiais, como o aspartame. Possui menos calorias, mas por conter adoçantes artificiais não pode ser utilizado em qualquer receita.

  • Açúcar invertido

Açúcar líquido resultante da combinação de glicose, frutose e sacarose. Não é vendido nos supermercados e é utilizado pela indústria alimentícia. Frutas em calda, sorvetes, balas e caramelos levam o ingrediente em sua composição.

Um Comentário

  1. Amigo,
    O açúcar de confeiteiro nem sempre recebe essa adição química, o açúcar impalpável sim recebe uma adição significativa de amido. Gera muita confusão entre esses dois tipos de açúcares e nem sempre eles se substituem…
    abraço

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*